1 comentário:
De JoaoLuc a 7 de Setembro de 2006 às 16:12
(um devaneio)
Convenhamos que à data em que os moços estavam no Afeganistão ninguém, nem os próprios americanos sabiam se haveria invasão/bombardeamento/sanções ou fosse o que fosse contra o Afeganistão taliban. É evidente que para um europeu, entrar no Afeganistão (ou mesmo no Paquistão) deve ser uma experiência à partida assustadora, mas o passo não terá a mesma dimensão para alguém de origem paquistanesa e que, como se percebeu, dominava uma das línguas locais. Ir ao Afeganistão deve ser comparável ao que seria para nós Vigo, Sevilha ou Cáceres.

Ingenuidade, talvez um pouco, mas desde quando isso é defeito...? ;)


Comentar post