De Fabiana Brandáo a 23 de Maio de 2007 às 01:02
Que leitura táo bonita, Rita! Vi o filme hoje, aqui em Belo Horizonte. Achei sua leitura muito interessante e traduz bem a poesia do filme! Um abraço, Fabiana.


Comentar:
De
( )Anónimo- este blog não permite a publicação de comentários anónimos.
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.