Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CINERAMA

CRÍTICA E OPINIÃO SOBRE CINEMA

CINERAMA

CRÍTICA E OPINIÃO SOBRE CINEMA

4 Heróis Independentes no IndieLisboa

16.02.06, Rita

A 3ª edição do IndieLisboa - Festival Internacional de Cinema Independente de Lisboa, que terá lugar de 20 a 30 de Abril, irá homenagear quatro realizadores, no âmbito da secção Herói Independente: Michael Glawogger, Jay Rosenblatt, Nobuhiro Suwa e Edgar Pêra.

Este ano, além das salas do Fórum Lisboa e Cinemas King, também as duas salas do Cinema Londres estarão disponíveis, o que permitirá a exibição de cerca de 24 sessões diárias.






«Glawogger, aclamado realizador austríaco, é autor de extraordinários documentários, tais como o assombroso “Megacities” (já exibido em Portugal, com bastante êxito, num ciclo organizado pela Zero em Comportamento, no Cine 222), ou o seu último épico, “Workingman’s Death”, um objecto provocador que denuncia o trabalho que se faz em todo o mundo sob condições extremas. Poético e sensível, Michael Glawogger destaca-se pelo seu estilo único. “Slumming”, a mais recente longa de ficção do cineasta, vai ser exibida em antestreia mundial na secção competitiva da próxima edição do Festival de Berlim.






«Inteligente, clarividente, analítica, lírica e surreal. Estas são algumas das principais características da obra notável de Jay Rosenblatt, na sua maioria constituída por curtas-metragens experimentais a preto e branco, compostas a partir de filmes retirados de arquivos históricos, found footage e filmes educacionais do pós-Segunda Guerra Mundial, e que são colecções de reflexões perturbantes sobre a sociedade e as suas políticas. O IndieLisboa distinguiu o seu “Phantom Limb” no ano passado com o prémio Onda Curta.






«Já o realizador japonês Nobuhiro Suwa é o herdeiro oriental do cinema europeu. Se “H Story” parte da memória de “Hiroshima, Mon Amour” de Alain Resnais, o seu quarto e mais recente filme, “Un Couple Parfait”, evoca Antonioni, neste retrato de uma relação moribunda, com as devastadoras interpretações de Valeria Bruni-Tedeschi e Bruno Todeschini. Os filmes de Suwa nunca tiveram estreia comercial em Portugal, e esta será uma oportunidade única para o público português conhecer o seu belíssimo trabalho.






«Por fim, Edgar Pêra, o primeiro Herói Independente português a que o IndieLisboa presta homenagem. Com uma obra multi-facetada, experimental, descomprometida e inclassificável, Pêra trilhou um caminho caracterizado por uma profunda independência. Até hoje, num percurso que conta com um sem número de obras realizadas nos mais diversos formatos e suportes, apenas “A Janela - Maryalva Mix” contou com financiamento público. O realizador está a acabar o seu mais recente filme que o IndieLisboa apresentará em antestreia, num programa que irá passar em revista a sua obra.


«Além destes 4 programas de homenagem, o IndieLisboa, em colaboração com o Instituto do Cinema Sueco, vai organizar uma retrospectiva de 110 anos de curtas-metragens suecas, onde serão mostrados trabalhos de Ingmar Bergman, Jan Troell, Roy Andersson e Lukas Moodyson, entre outros.»


in www.indielisboa.com




Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.