De Citizen Kane a 20 de Julho de 2007 às 16:22
Continuo a afirmar: A Vila é uma das melhores críticas à administração Bush, à sua cultura do medo do "outro" e à impossibilidade de se questionar as leis ditadas pelos líderes. É isso que se passa na Vila de Shyamalan (um lugar onde a inocência anda de braços dados com a ignorância) e é devido a essa subtileza que considero este filme a sua obra-prima. Se tiver que o definir enquanto género cinematográfico, direi que se trata de um drama romântico. Claro que encontramos as ambiências sinistras e algo arrepiantes, mas não é disso que se trata aqui: as dimensões humanas neste filme é que conseguem a proeza de ser assombrosas e pertinentes.

Bj


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.