1 comentário:
De Anónimo a 20 de Junho de 2005 às 06:22
O filme da minha vida. É de uma simplicidade assustadora e de uma profundidade clara. Contangiante e inteligente, este filme serve aqueles que penso serem os principais "objectivos" do cinema... fazer-nos entrar num mundo de fantasia contangiante e ao mesmo tempo criar em nós novas emoções!Ana Queiroz
</a>
(mailto:anaqueiros@mail.pt)


Comentar post