Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CINERAMA

CRÍTICA E OPINIÃO SOBRE CINEMA

CINERAMA

CRÍTICA E OPINIÃO SOBRE CINEMA

O que se vê lá por casa (xiii)

18.01.12, Rita


POTICHE, de François Ozon


Da minha profunda crença de que o ser humano não existe para trabalhar nasce o paradoxo do prazer que continuo a retirar do (bom) trabalho de outros.













Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.