Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CINERAMA

CRÍTICA E OPINIÃO SOBRE CINEMA

CINERAMA

CRÍTICA E OPINIÃO SOBRE CINEMA

The Brothers Bloom ***1/2

20.11.09, Rita

Realização: Rian Johnson. Elenco: Rachel Weisz, Adrien Brody, Mark Ruffalo, Rinko Kikuchi, Robbie Coltrane, Maximilian Schell. Nacionalidade: EUA, 2008.





Stephen (Mark Ruffalo) e o seu irmão mais novo Bloom (Adrien Brody) ganham dinheiro através de elaboradas esquemas nos quais, das mais diversas e originais maneiras, enganam incautos terceiros. As planificações de Stephen, com detalhes literários e precisões estilísticas, implicam sempre que Bloom, o melancólico, crie uma ligação emocional com a vítima. Mas Bloom está cansado de viver uma vida que lhe é escrita pelo irmão, e quer a sua própria realidade. Stephen pede-lhe um último golpe: Penelope (Rachel Weisz), uma herdeira solitária e excêntrica cujo hobby é coleccionar os hobbies dos outros.


Rian Johnson (“Brick”) constrói uma narrativa que, à semelhança dos planos dos dois irmãos, se vai desenrolando e desvendando passo a passo. Como um mágico, esconde a sua técnica por detrás de deleites visuais (onde se inclui a fotografia de Steve Yedlin). Sem uma localização temporal concreta, o design de produção parece quase levar-nos para um universo paralelo.


Johnson é um contador de histórias nato que sabe como “manipular-nos” para que gostemos tanto dos seus anti-heróis com ele. As suas personagens são tão estranhas quanto sinceras e Johnson oferece-lhes monólogos verdadeiramente poderosos. A excepção é Bang Bang (Rinko Kikuchi), mas, para ela, Johnson guardou a prova de que a comédia física não está fora de moda.


Para Bloom, interpretar um papel dá-lhe a leveza de nunca ter de ser ele mesmo. Inesperadamente, é através destes enganos e mentiras que ele consegue encontrar-se. E mesmo que, primeiro, desenhemos as possibilidades na nossa mente, não há outra forma de escrever a vida que não vivendo-a.






Best poster of the year?
Most probably...





















Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.