Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CINERAMA

CRÍTICA E OPINIÃO SOBRE CINEMA

CINERAMA

CRÍTICA E OPINIÃO SOBRE CINEMA

He Was a Quiet Man **

29.10.09, Rita

Realização: Frank A. Cappello. Elenco: Christian Slater, Elisha Cuthbert, William H. Macy, Jamison Jones, K.C. Ramsey, Sascha Knopf, David Wells. Nacionalidade: EUA, 2007.





Posicionando-se no campo da comédia negra, “He Was a Quiet Man” amplia o ambiente de subserviência profissional, de cinzentismo emocional, de crueldade entre colegas, para colocar o seu protagonista Bob (Christian Slater), um inseguro e anti-social empregado de escritório na casa dos 40, à beira do precipício e pronto para saltar.

No decisivo momento de “libertação”, Bob, paralizado pela indecisão, é mais uma vez humilhado por circunstâncias exteriores à sua vontade. Sem querer, acaba por se transformar num herói aos olhos do seu chefe (William H. Macy) e de Vanessa (Elisha Cuthbert). Mas, até que ponto esta nova persona pode sobrepor-se à insegurança subjacente?

Slater incorpora ele próprio a improvável transformação que é esta personagem. Infelizmente, o ambíguo final acaba por frustrar as mais conservadoras expectativas.

“He was a quiet man -...” são muitas vezes as palavras proferidas pelos vizinhos, quando se descobre que aquele pacato homem da casa ao lado é afinal um serial killer. Algumas segundas-feiras de manhã, num autocarro cheio de pessoas espaçosas e barulhentas, sinto que os meus vizinhos podiam vir a dizer o mesmo, tivesse eu acesso fácil a uma carabina.















Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.