Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CINERAMA

CRÍTICA E OPINIÃO SOBRE CINEMA

CINERAMA

CRÍTICA E OPINIÃO SOBRE CINEMA

Clássicos Pendentes I - RESERVOIR DOGS

01.12.05, Rita

RESERVOIR DOGS – CÃES DANADOS

Realização: Quentin Tarantino. Elenco: Harvey Keitel, Tim Roth, Michael Madsen, Steve Buscemi, Chris Penn, Lawrence Tierney, Randy Brooks, Kirk Baltz, Quentin Tarantino, Edward Bunker, Steven Wright (voz). Nacionalidade: EUA, 1992.




Tendo em conta o meu apreço pelo trabalho de Quentin Tarantino, concordo que demorei muito tempo até ver “Reservoir Dogs” (“Cães Danados”), a sua primeira longa metragem, paga com os rendimentos da venda dos argumentos de “True Romance” (Tony Scott, 1993) e “Natural Born Killers” (Oliver Stone, 1994).


Talvez por isso, neste momento parece-me um rascunho (mas um bom rascunho) de “Pulp Fiction” (1994). A estrutura não linear da história, os diálogos inteligentes e cheios de humor, o gosto pelas armas e pelo sangue, e a fantástica banda sonora.


Um roubo de diamantes corre mal, e os sobreviventes do gang refugiam-se num armazém que foi escolhido como ponto de encontro, enquanto esperam pelo chefe. O anonimato entre os diversos membros do grupo é mantido por nomes de código que vão desde o Rosa ao Azul. À medida que cada um deles vai chegando ao armazém começa a ficar claro que foram denunciados por um elemento infiltrado. A tensão cresce à medida que, com recurso ao flashback, as suspeitas vão recaindo alternadamente sobre cada um dos intervenientes.



RAZÕES PARA VER:
- O argumento consistente e inteligente.
- As interpretações memoráveis de Harvey Keitel, Michael Madsen e Tim Roth.
- Ah, e a poça de sangue!


P.S. - Talvez o epíteto de “clássico” aqui seja um pouco forte, mas faz parte deste processo de mea culpa.






CITAÇÕES:


“- You kill anybody?
- A few cops.
- No real people?
- Just cops.”


“You don't need proof when you have instinct.”


“Somebody's shoved a red-hot poker up our ass, and I want to know whose name is on the handle!”


“You shoot me in a dream, you'd better wake up and apologize.”


























Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.